Colab completa 1 ano em Campinas

A utilização do Colab pela prefeitura de Campinas (SP) completou seu primeiro aniversário neste mês de junho. Com a chamada rede social para a cidadania, a gestão municipal se aproximou do cidadão, que pode fiscalizar, acompanhar e avaliar os serviços públicos, assim como propor soluções para melhorar a cidade.

 

O aniversário de um ano do Colab na cidade traz ainda uma novidade: as propostas feitas pelos moradores de Campinas passarão a ser debatidas nas assembleias do Orçamento Cidadão.

“Tivemos avanços expressivos e o fato de o aplicativo ser uma rede social contribuiu para esse sucesso. Criamos um canal de diálogo com os cidadãos em sintonia com o nosso tempo”, afirmou o prefeito de Campinas Jonas Donizette.

Além de propor ações, o cidadão também pode utilizar o aplicativo para fiscalizar o desperdício de água, problemas na iluminação pública, acúmulo de lixo, focos de dengue, problemas nas calçadas, veículos estacionados de forma irregular, entre outros. As postagens contêm foto e localização e ficam abertas a comentários e curtidas.

Resultados

Desde 24 de junho de 2015, a adesão ao Colab superou os 7,9 mil cidadãos na cidade paulista. O índice de resolutividade avançou de 45% para 72% ao longo do primeiro semestre. Já foram 2,9 mil publicações, mais de 18 mil apoios a publicações e mais de 10 mil comentários.

A maior parte das fiscalizações feitas pelos moradores (20,2%) são relativas a buracos nas vias, seguidas por entulho na calçada (7,5%) e estacionamento irregular (7,4%).

As propostas feitas no aplicativo em Campinas são, entre outras, sobre pavimentação de vias (21,2%), fiscalização (12,7%) e sinalização de trânsito (9,3%), além de melhorias na iluminação pública (8,5%).

Na administração municipal, o Colab é gerido pela Secretaria de Comunicação em parceria com o serviço 156. Ele pode ser acessado na web pelo endereço www.colab.re e também por meio de aplicativos móveis (smartphones e tablets) gratuitos, nas versões Android e iOs.

Costurando sonhos

Com apoio do Juntos, cidades parceiras do programa que utilizam o Colab também vêm promovendo consultas públicas para decidir investimentos e políticas de governo. Em Campinas, foram três as consultas realizadas.

As duas primeiras abordaram o estilo musical e a banda que se apresentaria em um evento da cidade. O CPM 22 foi escolhido e se apresentou em abril.

A terceira consulta foi batizada de Fala Cidadão!, consulta realizada para decidir em que área seria investido R$ 1 milhão. A opção vencedora foi o projeto “Costurando Sonhos”, que prevê a construção de um centro de aprendizado de costura industrial e busca formar empreendedores.

Com a implantação de um Centro Popular da Economia Solidária, o projeto levará formação técnica e capacitação para jovens de baixa renda. O objetivo é permitir a recolocação de jovens em situação de fragilidade social no mercado de trabalho e geração de renda.

Juntos

A adesão de Campinas ao Colab faz parte do Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável, programa de aprimoramento da gestão e dos serviços públicos municipais. O Juntos está presente em 12 cidades do país e é liderado pela Comunitas.

 

Comments are disabled.