Modelo de governança

Modelo de governança

Saiba como funciona o modelo de Governança da Comunitas

 

A Comunitas é uma organização da sociedade civil que fomenta e fortalece um pacto coletivo entre os setores público e privado, com foco no desenvolvimento sustentável do país por meio da melhoria dos serviços prestados à população

 

Ao longo dos anos, já foram desenvolvidas mais de 400 ações em diversas áreas da administração pública. Além disso, todos os projetos são desenvolvidos com o objetivo de se tornarem sustentáveis e sem onerar os governos. Porém, para que isso aconteça de forma transparente e eficiente, o modelo de governança da Comunitas segue algumas rotinas e ritos importantes. 

O Comitê de Governança Nacional é a principal esfera da governança da Comunitas. Ele é composto por líderes empresariais que são responsáveis por estabelecer diretrizes, determinar o escopo das atividades e acompanhar as ações em cada localidade. A organização também promove reuniões periódicas com o grupo, nas quais são definidas as ações estratégicas do período seguinte, bem como são avaliados os resultados dos projetos.

 

Há também o Comitê de Líderes Locais, empresas e organizações situadas nas cidades que fazem parte da rede da Comunitas. A união de ambos os grupos forma o Núcleo de Governança da Comunitas, que estabelece um compromisso de governança compartilhada e transparente com o prefeito e seus secretários. Esse modelo é fundamental para a sustentabilidade das ações.

 

No nível executivo, o modelo de governança do Juntos é composto pela equipe da Comunitas, pelo comitê gestor dos governos e por consultores especializados. Esses são os atores responsáveis pela operação do programa no dia-a-dia das cidades. A equipe da Comunitas lidera a operação, sendo responsável por articular as parcerias e gerir a rede de stakeholders engajados no programa, em diálogo permanente com os governadores, prefeitos e secretários.

Conheça os grupos participantes do Modelo de Governança e as suas funçõesRecolher
  • Reuniões de Governança: Acontecem a cada 3 meses, com a participação das lideranças públicas e empresariais de cada território, além da presença de representantes do Comitê de Governança Nacional. Esses encontros possuem o  objetivo de validar as ações e entender os principais desafios da gestão pública local. 
  • Reuniões de nível 1: Têm a participação da liderança local (prefeito ou governador), secretários de gestão, e a troca acontece entre os parceiros técnicos da Comunitas, com o objetivo de validar e tirar as principais dúvidas em relação aos projetos.
  • Reunião de nível 2: Esses encontros contam apenas com a participação dos secretários estaduais ou municipais e parceiros técnicos da Comunitas. Nessas ocasiões, são validados relatórios de desvios, análise crítica do alcance das metas e proposição de novas ações.
  • Reunião de nível 3: Essas reuniões contam com a participação dos secretários estaduais e municipais e equipes das secretarias. Nesses casos, são feitas as análises dos alcances das metas, acompanhamento da execução das ações, proposição de novas ações e elaboração dos relatórios de desvios. 
Saiba como é realizado o acompanhamento dos projetosRecolher

Núcleo de governança

Carlos Jereissati Filho,
Empresário
Eu acredito que o Juntos é uma coalizão de líderes que quer o bem do Brasil. Uma forma madura, consciente, de participar de um programa cujo o grande objetivo é melhorar a gestão pública do Brasil.
Luiz Ildefonso Simões Lopes,
Empresário
Cada pessoa impactada de alguma maneira, positivamente… Um funcionário, um servidor público, eles são agentes de mudança. Pode ser imperceptível agora, mas essa diferença está acontecendo.

Parceiros locais

Parceiros institucionais

Quer fazer parte? Entre em contato.