loading

A importância da prática esportiva para o desenvolvimento de crianças e jovens, com Patrícia Fabricante

A secretária adjunta de Educação de Paraty e coordenadora do Programa Escola+Esporte discorre sobre a importância do programa Escola de Atletismo na cidade e os impactos causados na vida dos estudantes

Crédito da imagem: acervo Comunitas

A prática de atividades físicas traz diversos benefícios, sejam eles individuais ou coletivos. Além das vantagens à qualidade de vida de quem pratica, o esporte permite que o atleta desenvolva competências socioemocionais importantes para si mesmo e para a comunidade que o cerca.

No âmbito escolar, o esporte aumenta a capacidade cognitiva de crianças e jovens, gerando cooperação e socialização entre os estudantes, além de potencializar as aprendizagens em sala de aula. Outro bônus, também, é ocupar o tempo ocioso de diversos alunos após o horário escolar, evitando que os mesmos sejam expostos a situações de vulnerabilidade e risco para a violência. 

Buscando integrar tudo isso, a prefeitura de Paraty-RJ implementou, em 2016, o programa Escola de Atletismo. O projeto, que foi desenvolvido com o apoio da Comunitas por meio do Programa Juntos, funciona como uma ferramenta de intervenção social e educativa que visa o combate à violência ao inserir jovens no contexto esportivo. 

Destinada aos alunos da rede pública de Paraty com idades que variam de 7 a 18 anos, a Escola de Atletismo promove aulas gratuitas das diversas modalidades do esporte no Estádio Municipal, conhecido localmente como Campão.

Patrícia Fabricante, secretária adjunta de Educação de Paraty e coordenadora do Programa Escola+Esporte, conta como a Escola de Atletismo tem impactado a vida dos estudantes que integram o Programa e as vantagens que a ação trouxe para a cidade na entrevista abaixo: 

1 – Quais foram os principais desafios para a implementação de uma Escola de Atletismo?

Os desafios para a gestão pública manter uma Escola de Atletismo ainda existem e estão ligados principalmente à infraestrutura, pois Paraty é uma cidade pequena e não possui uma pista de atletismo.

O atletismo, diferentemente de outros esportes mais populares, como, por exemplo, o futebol, precisa mostrar-se como uma opção e conquistar espaço.

Atualmente, a Escola de Atletismo funciona no Estádio Municipal e é um espaço consolidado em Paraty, fortalecendo o currículo escolar e atuando no contraturno prioritariamente com os estudantes da rede pública. Além disso, também desenvolve um trabalho fundamental para que as crianças e jovens insiram o gosto pela prática esportiva em seu cotidiano.

A Escola apresenta atletas em nível de competição e nosso principal desafio é ampliar o programa, abrindo novas matrículas e fortalecendo o esporte educacional.

2 – De que forma a escola de Atletismo contribui para a evolução das aprendizagens dos estudantes que participam do programa? Quais são os principais resultados?

Projetos esportivos, como a Escola de Atletismo, fazem com que os estudantes vivenciem a prática esportiva desde cedo e em diferentes ambientes, fortalecendo o convívio social e a diversidade num aspecto democrático do desenvolvimento pedagógico. As atividades físicas na infância ampliam as funções motoras e cognitivas. Desta forma, este projeto contribui para a formação integral das crianças e jovens.

Os estudantes passam a ter mais foco e disciplina, como também adquirem novas habilidades emocionais, autocuidado, autocontrole, confiança e empatia. As relações dentro do ensino regular passam a apresentar resultados positivos.

Importante dizer que alguns alunos que integraram a Escola de Atletismo à época de lançamento, hoje cursam Graduação em Educação Física e auxiliam o professor dentro da Escola. Esta é, sem dúvidas, uma vitória muito grande para o município e torna o projeto referência, abrindo interesse para novas famílias integrarem.

O esporte é uma excelente ferramenta educacional e a corrida é muito democrática, por ser um movimento corporal natural do ser humano e que não precisa de equipamentos tão sofisticados para sua prática.

3 – Como a Escola de Atletismo contribui para o desenvolvimento de competências socioemocionais dos jovens?

O esporte educacional é uma ferramenta que contribui no ensino das emoções, pois aproxima o estudante de sentimentos positivos, bem como frustrações.

O esporte, quando direcionado de forma adequada, trabalha o indivíduo como um todo e é assim que a Escola de Atletismo tem coordenado suas aulas, por meio da amorosidade e entendendo o contexto sociocultural de cada corredor. Os avanços na aprendizagem têm sido significativos.

Durante o Festival que ocorreu nos dias 22 e 23 de junho deste ano, pudemos observar toda a magia que o esporte promove nas pessoas. A concentração das crianças antes de correr, o compromisso com a equipe e a escola que cada um representava, foi realmente muito especial.

A felicidade de quem pratica o atletismo tem contagiado cada vez mais e acreditamos que o Festival irá trazer um ótimo retorno para Escola de Atletismo. Por meio do programa Escola+Esporte, a integração dos estudantes da rede pública com a rede privada estimula o convívio social e a troca de experiência.

4 – Quais foram os aprendizados da Secretaria da Educação nesse período de implementação do projeto?

A Prefeitura de Paraty, por meio da Secretaria de Educação e da Secretaria de Esporte e Lazer, tem como uma de suas missões fomentar o esporte educacional para os estudantes da cidade.

Desenvolver o Programa Escola+Esporte, levando atividades no contraturno escolar, tem sido um processo de aprendizagem, construção coletiva e comunitária. Sem dialogar com as comunidades, o Programa não se consolida e o caminho tem sido de muito diagnóstico e diálogo para que o esporte educacional cresça a cada dia mais na cidade.

Baixar a ociosidade das crianças e jovens por meio do esporte com regularidade, ocupando o tempo com práticas esportivas.

 

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.